Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Criança \ Artigo

SÍNDROME de DOWN - Amamentação é possível !

Por: Dra. Léa Amábile - Odontóloga - Americana, SP

 
SEJA BEM VINDO AO MAIOR CONGRESSO DE ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS DO ÚLTIMOS ANOS.


AMAMENTANDO E RELACTANDO BEBÊS COM SÍNDROME DE DOWN
                                 

 

                                    Amamentar bebês com Síndrome de Down é o principal passo para que se estimule corretamente a musculatura bucal e facial. Pela hipotonia generalizada o aleitamento materno é o que de melhor pode existir, tanto como nutrição como trabalho muscular. O objetivo é que se oriente as mães quanto aos benefícios do aleitamento materno para a melhora da tonicidade muscular dos lábios, boca, língua e toda musculatura de cabeça e pescoço, importantes para o desenvolvimento das arcadas dentárias e da linguagem. É importante que as mães observem o vedamento labial na "pega" do bico do peito. Se os lábios estiverem invertidos deve-se orienta-las para que ajudem seus bebês e com delicadeza coloquem os lábios corretamente no peito. Algumas vezes é necessário que se estimule a sucção e para isso os bebês devem estar bem despertos e como o mínimo de roupa possível, a mãe deve acariciar os lábios e bochechas do bebê e se necessário gotejar leite do seio em seu dedo mínimo, colocando na língua do bebe até que ele comece a sugar para em seguida colocá-lo para mamar. Em geral os bebês ao nascer são submetidos a cirurgias e afastados das mães, o que pode levá-los ao desmame precoce, outras vezes a condição emocional da mãe impede que se faça uma amamentação adequada. Respeitando os motivos da não amamentação é importante saber que é possível se relactar. O método da relactação consiste em se colocar a ponta de uma sonda num copo ou seringa com leite (o ideal é que seja o da própria mãe, não sendo possível, pode-se usar um substituto) e a outra ponta da sonda no bico do peito da mãe. Como resultado obteremos melhora: no vedamento labial, na postura de língua e no crescimento e desenvolvimento das arcadas dentárias possibilitando que a biologia se manifeste plenamente. Conclusões: quanto mais adequadas e melhores forem as informações melhor será o desenvolvimento desses bebês e a qualidade de vida deles se refletirá na sociedade.
 


Última atualização: 2/2/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital