Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

CRIANÇAS AMAMENTADAS aceitam melhor ALIMENTAÇÃO COMPLEMENTAR ?

Por: Graciete O. Vieira e colaboradores - Jornal de Pediatria - SBP

 

Hábitos alimentares de crianças menores de 1 ano amamentadas e não-amamentadas

Feeding habits of breastfed and non-breastfed children up to 1 year old
Graciete O. Vieira, Luciana R. Silva, Tatiana de O. Vieira, João Aprígio Guerra de Almeida, Vilma A. Cabral
J Pediatr (Rio J). 2004;80(5):411-16: Aleitamento materno,  comportamento alimentar, alimentação mista.

Objetivo: Descrever os hábitos alimentares de crianças amamentadas e não-amamentadas através da análise dos alimentos consumidos pelas crianças menores de 1 ano de idade na cidade de Feira de Santana, BA, no ano de 2001.

Métodos: Foi realizado um estudo transversal, no qual foram aplicados questionários às mães das crianças menores de 1 ano no dia nacional de vacinação, presentes nas 44 (71%) unidades de vacinação, selecionadas por estratificação simples. Foram avaliadas 2.319 crianças, representando 24,3% da população estimada. As medidas de associação calculadas foram: razão de prevalência, com intervalo de confiança a 95%, e de significância estatística, através do teste do qui-quadrado com respectivo valor p.

Resultados: Nas crianças com idade igual ou inferior a 4 meses e não-amamentadas, foi observada uma chance 8,2 e 6,7 vezes maior de a criança ser alimentada, respectivamente, com a refeição da família (IC 95% 3,23-20,66) e com papas de legumes (IC 95% 3,84-11,78). Na mesma faixa etária, as prevalências de crianças não-amamentadas que receberam água, chás, sucos e papa de frutas foram significativamente maiores (70,7% versus 19,7%, 63,3% versus 26,7%, 33,3% versus 4,9% e 14,4% versus 1,4%, respectivamente).

Conclusão:As crianças amamentadas, quando comparadas com as não-amamentadas, apresentaram melhores hábitos no que se refere à época de introdução dos alimentos complementares.
  Graciete O. Vieira - Doutoranda em Medicina e Saúde, Curso de Pós-Graduação, Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora assistente, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana, BA.
  Luciana R. Silva - Professora titular de Pediatria e chefe do Serviço de Gastroenterologia e Hepatologia Pediátricas da Universidade Federal da Bahia.
  Tatiana de O. Vieira - Bolsista de Iniciação Científica, Fundo de Amparo à Pesquisa no Estado da Bahia (FAPESB). Monitora de SPSS do Curso de Pós-Graduação em Medicina e Saúde, Universidade Federal da Bahia (UFBA). Acadêmica de Medicina, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP), Salvador, BA.
  João Aprígio Guerra de Almeida - Doutor em Saúde Pública, Instituto Fernandes Figueira/Fundação Oswaldo Cruz (IFF/FIOCRUZ). Coordenador do Centro de Referência Nacional para Bancos de Leite Humano.
Vilma A. Cabral - Mestre em Saúde Coletiva, Universidade Federal da Bahia (UFBA). Oficial de Projeto UNICEF, Bahia e Sergipe.


Última atualização: 19/1/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital