Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

AMAMENTAÇÃO PROTEGE CONTRA OBESIDADE

Por: G1 + Jornal Hoje + Marcus Renato de Carvalho

Leite materno diminui risco de obesidade infantil, diz pesquisa
Estudo foi feito por pediatras da USP.
80% das crianças obesas deixaram de mamar no peito antes dos seis meses.

Do G1, em São Paulo, com informações do Jornal Hoje

 

 

Um estudo feito por pediatras do hospital universitário da Universidade de São Paulo mostra que 80% das crianças obesas deixaram de ser amamentadas  antes dos seis meses de vida.


Para os médicos, é mais uma prova da importância do aleitamento materno. A orientação dos especialistas é que o bebê seja alimentado exclusivamente com o leite da mãe até o sexto mês de vida.

Interromper a amamentação antes da hora significa que a criança pode começar a se alimentar de forma errada desde cedo, ingerir mais açúcar e gordura do que o necessário, o que aumenta o risco de obesidade.

Outras matérias publicadas pela imprensa recentemente:

    » 30% das crianças e adolescentes são obesos no Brasil
    » Bebê de 1 ano e 3 meses pesa 25 quilos
    » Bebê obeso não tem geladeira para manter dieta

"A maioria das pessoas que usa o leite de vaca acaba colocando complementos nesse leite. Farinha, açúcares. Isso muda a composição do leite, aumentando o teor calórico", diz a pediatra Ana Cláudia Travassos.

Aos 4 anos, Maiara tem o peso de uma criança de 7 anos: 22 kg. Para os médicos, o caso dela confirma o que diz a pesquisa. Maiara passou a mamar apenas na mamadeira a partir dos quatro meses.

"Ela gosta de comer salgadinhos, balas, pirulitos... Ela acaba de comer, mas se você der uma bala, ela come", conta o pai, Ricardo dos Santos. "Eu voltei a trabalhar, a amamentava só à noite. Então, acabou diminuindo o leite", conta a mãe, Marcelina Silva.


Última atualização: 5/7/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital